Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007
Principais Conceitos Anarquistas
 
Princípio da não-doutrinação
Segundo este princípio, o anarquismo não é visto como uma religião, deste modo, cada anarquista tem a liberdade de criar a sua própria doutrina, guiando-se por ela nas suas acções.
Conclui-se, portanto, que nestas sociedades não existe um profeta a quem todos têm de seguir.
 
Socialismo libertário
Os anarquistas auto-denominaram-se socialistas libertários, isto significa, que segundo este sistema de socialismo deveriam ser as associações democráticas, as responsáveis pela gestão de toda a sociedade assegurando-se assim, uma divisão equitativa do controlo sobre os meios de produção.
   
    A Revolução social
A Revolução Social consiste na quebra rápida e efectiva do estado e de todas as estruturas que o regem, através de uma acção revolucionária.
Segundo o socialismo libertário defendido pelos anarquistas, a revolução deve ocorrer de forma consistente e célere de modo a impossibilitar a ressurreição do estado, pois, é desta forma que o homem pode alcançar o estado de liberdade absoluta.
 
Humanismo
Princípio segundo o qual, é valorizada a capacidade de auto-organização do ser humano, após ser submetido a uma educação libertária, assegurando uma organização social regida pela igualdade, procurando incessantemente a liberdade.
 
Liberdade
A liberdade é a base de qualquer pensamento, formulação ou acção anarquista, desta forma uma sociedade só é denominada anarquista se, estiver totalmente imersa no conceito de liberdade, para tal, o autoritarismo terá de ser desprovido de qualquer importância.

Anti-autoritarismo
Segundo este princípio é recusada qualquer hierarquia imposta ou, a existência de uma pessoa que domine todas as outras, defendendo a isenção do estado e uma organização social baseada na igualdade.
 
   Acção Directa
A acção directa é o princípio que defende a intervenção directa na resolução dos problemas por meio de acções como: a greve, o boicote ou até mesmo a desobediência civil.
 
Apoio mútuo
Segundo os anarquistas todas as sociedades existem graças ao princípio da solidariedade e da tolerância existentes em cada um dos indivíduos que a compõem, e é na solidariedade que está a principal defesa dos indivíduos em relação ao poder do estado.
 
Internacionalismo
Os anarquistas vêem o internacionalismo como um princípio regido pela solidariedade e, que assegura ao homem a manutenção das suas capacidades onde quer que este se encontre. Neste âmbito o conceito de “pátria” não faz qualquer sentido.

sinto-me: Livre

publicado por EbduVm às 22:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sobre que é este blog?
Este blog é dedicado ás várias Sociedades Utópicas e Medicinas Alternativas.
Contacte-nos
Envie-nos sugestões, criticas ou dúvidas para o seguinte endereço de e-mail ebduvm@gmail.com
Posts recentes

Documentário

BD Amish

Rubrica 'Em busca de um f...

Rúbrica 'Em busca de um f...

Qual a origem do nome Ebd...

Rubrica 'Em busca de um f...

Rubrica 'Em busca de um f...

Um olhar por ...

Os Amish como grupo étnic...

Quem são os Amish?

Amish

Dieta RastaFari

Leão de Judá

Características dos Rasta...

Nove Princípios dos Rasta...

Rastafari - Origem

Semana Rastafari

Histórico dos Movimentos ...

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Arquivos
tags

todas as tags

Pesquisar neste blog
 
Visite-nos no
Links
Subscreva o nosso RSS